Noiva & Festas

Confira sete dicas para amenizar os efeitos do fuso-horário

Fenômeno também chamado de “jet lag” pode ter seus efeitos sobre o organismo amenizados, independentemente da diferença de horas entre origem e destino

Muitas pessoas viajam em Lua de mel. Seja qual for o país de destino, próximo ou distante, é praticamente impossível não sofrer com o jet lag, sensação de cansaço extremo ocasionada pela diferença de horário entre a origem e o destino. “Quando uma pessoa viaja entre diferentes fusos horários, o relógio biológico perde a sincronização com o horário cronológico do novo ambiente, pois o ritmo dia/noite em que a pessoa estava acostumada a viver sofre uma mudança súbita. O padrão natural do corpo deve ser alterado para se ajustar aos estímulos do ambiente. Como exemplo, podemos citar os horários das refeições e de repouso que não mais correspondem à regulação hormonal interna, o que gera um conflito. Desde o momento da chegada no destino, inicia-se um processo de adaptação ao horário local, durante o qual a pessoa está sofrendo um jet lag”, afirma Dr. Luiz Riani, clínico que integra o corpo de médicos do Alta Excelência Diagnóstica. O jet lag ocorre como consequência de uma viagem entre pontos distantes o suficiente para que se atravesse vários fusos horários, algo que se tornou mais comum com a popularização das viagens de avião (daí o nome em inglês: jet- jato; e lag- diferença de horário). Segundo Dr. Riani, leva-se em média um dia para se ajustar a cada hora (ou fuso) alterada, seja para mais ou para menos. Dessa forma, em uma viagem partindo de São Paulo com destino a Madri, que tem uma duração média de 10 horas de voo, seria necessário um período de três dias para ajustar o ritmo circadiano, já que existe uma diferença de 3 horas de fuso entre as localidades. Porém, existem algumas dicas que podem ajudar a acelerar o processo e aliviar os desconfortos causados pelo jet lag. Confira abaixo e saiba como aproveitar melhor sua viagem. 1 – Você precisa de ajustes? Se o fuso do país de destino tiver uma diferença pequena, de até duas horas e a viagem for curta, não lute contra seu relógio biológico, siga sua rotina normalmente, apenas adaptando as horas de diferença. 2 – Prepare-se.  Se você tiver uma agenda a cumprir, programe-se para chegar ao destino com antecedência, dessa forma você estará mais disposto e descansado para seus afazeres. Mas, se sua viagem for a lazer, viaje descansado. Fazendo isso, você facilitará sua readaptação. 3 – Evite cochilos. Opte por voos noturnos, assim você pode dormir durante todo o trajeto, acelerando o processo de “troca” de referências: você acorda e inicia um novo dia no horário local, facilitando imensamente a adaptação ao novo fuso. Evite dormir ao chegar no hotel, a melhor opção é iniciar imediatamente as atividades, mesmo que a viagem tenha sido cansativa, deixando para dormir apenas no horário local. 4 – Fique sem comer. Apenas o tempo necessário para que você consiga fazer a primeira refeição no horário correto em seu local de destino, para que seu ciclo circadiano seja reiniciado por meio do estômago. Atenção para não estender o jejum para mais de 12 horas. 5 – Mas não fique sem beber. Ingerir bastante água é importante para amenizar os efeitos do jet lag e diminuir o desconforto causado pelo ar seco dos aviões; por isso, beba água durante e depois da viagem e evite o consumo de café e bebidas alcoólicas. 6 – Melatonina pode ser uma opção. Converse com seu médico antes da viagem, o hormônio melatonina, desde que tomado no horário e na dosagem correta, ajuda a controlar a qualidade do sono quando existir dificuldade para descansar no período disponível para dormir. 7 – Controle a exposição à luz. Se o fuso do seu destino for atrasado em relação ao nosso, procure se expor à luz do fim da tarde para que seu organismo entenda que ainda é dia, porém, se seu destino tiver o fuso adiantado, acorde mais cedo e exponha-se à luz do sol imediatamente. Sobre o Alta Excelência Diagnóstica O Alta Excelência Diagnóstica é um laboratório focado no cliente Premium, onde o paciente encontra um corpo clínico diferenciado integrado à tecnologia de ponta, só encontrada nos melhores centros de excelência do mundo.  Com corpo clínico formado por médicos de referência em órgãos nacionais e internacionais de saúde, com diversas publicações e premiações nos congressos médicos mais respeitados do mundo, o Alta oferece ferramentas diagnósticas diferenciadas, proporcionando máximo conforto e bem-estar. O cuidado da equipe de atendimento é exclusivo em todas as etapas, em um ambiente leve e acolhedor. Cada detalhe foi pensado para proporcionar o máximo de bem-estar. Os ambientes do Alta Excelência Diagnóstica foram planejados com atenção a todos os detalhes. Cada uma das unidadesé tratada com o mesmo cuidado para acolher melhor o cliente. Entre as especialidades oferecidas, estão Análises Clínicas, Anatomia Patológica, Citogenética, Genética clínica, Mamografia Digital, Tomossíntese, Core, Biopsy, Pediatria Alta, Raios-X Digital, Ressonância Magnética, Tomografia Computadorizada, Ultrassonografia e Doppler 3D-4D.

Compartilhe!

Share on FacebookShare on Google+Pin on PinterestTweet about this on TwitterEmail this to someone

Artigos Relacionados


Contato

E-mail anúncios:
anuncie@noivaefestas.com.br

E-mail atendimento jornalismo:
atendimento@noivaefestas.com.br

E-mail atendimento noivas:
contato@noivaefestas.com.br

Portal Noiva e Festas

Copyright © 2014. Quadrivium Editora Digital - Todos os Direitos Reservados. Criação: Casa das Ideias.